Todo aquele que se eleva será rebaixado…

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmailFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail

“… todo aquele que se eleva será rebaixado, e todo aquele que se rebaixa será elevado.” Jesus (Lc, 14, 1, 7-11)

Jesus nos trouxe belíssimos ensinamentos por meio de parábolas que nem sempre tiveram sua essência compreendida pelo povo de sua época e, ainda hoje, não são compreendidas por muitos.

Quantos acontecimentos nefastos seriam evitados se as palavras de Jesus tivessem sido colocadas em prática por toda humanidade? Com certeza as guerras não teriam acontecido, as pessoas seriam mais fraternas, mais amáveis, mais caridosas e tantos outros conflitos seriam evitados. A humanidade estaria sempre disposta a servir, a auxiliar e amparar uma pessoa necessitada.

Você já imaginou este mundo sem guerras e com atitudes amorosas? Já imaginou o quão agradável e feliz ele seria?

Jesus veio a este planeta, viver entre nós, com intuito de nos mostrar um Deus de amor, que perdoa seus filhos, permitindo que a cada novo dia possamos renascer e ser uma nova pessoa, reparando os nossos erros, podendo ser melhores em nossa relação interior e com o próximo. Jesus veio nos mostrar um Deus até então desconhecido para muitos.

É por isso que este ensinamento de Jesus serve tão bem neste caso, pois, quando Ele se refere a quem se eleva, está falando do orgulho, da vaidade, palavras e conceitos que nenhuma pessoa verdadeiramente Cristã deve ter em seu dicionário interior. E quando se refere àquele que se rebaixa, está falando da humildade, da mansuetude em seus atos.

Com isso, Jesus quer nos mostrar que não devemos nos colocar em posição superior ao outro, não devemos querer ser melhor, nos autointitular, e sim, devemos simplesmente fazer o melhor que podemos para nós e para o próximo, buscando a nossa evolução e auxiliando na evolução de muitos.

Assim, se nos rebaixarmos, ou seja, se formos humildes em nossas atitudes, o Criador nos elevará espiritualmente e seremos envolvidos por Sua Sabedoria Divina.

 

O que você achou dessa matéria?

Deixe seu comentário abaixo e, se você gostou, por favor compartilhe com seus amigos.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmailFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail