Fora da Caridade não há Salvação

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmailFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail

O amor é o dom supremo

Paulo Apóstolo em 1Coríntios, 13, exalta a importância da caridade colocando-a acima da própria fé, mostrando com um poema Divino que a caridade é o amor em aplicação, é o dom supremo.

O Apóstolo Paulo compreendeu profundamente esta verdade e a colocou acima até das mensagens divinas, pois, declara claramente se ele falasse a língua dos anjos de nada valeria se o amor, a caridade não acompanhasse tais mensagens.

Ele ainda deixa claro, que a caridade está ao alcance de todos, do rico e do pobre, do sábio e do ignorante e ultrapassa até os limites da crença particular.

A Caridade é um ato de amor

Em 2Coríntios, 9: 6, 10 afirma: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria… Ora aquele que dá semente ao que semeia e pão para o alimento também suprirá e aumentará a sua própria sementeira e multiplicará os frutos da justiça.”

Veja gente amiga, que o Apóstolo dos gentios nos oferece uma receita para purificação da alma e do espírito, já que ele afirma que ao doar a semente ela aumentará nos campos onde semeamos e será grande a nossa colheita, e ao oferecer o pão ele multiplicará os frutos da justiça divina em nossas vidas. No versículo seguinte ele clarifica esta posição, dizendo que Deus faz chegar a Sua Graça aos necessitados por intermédio daqueles que tem amor no coração.

Os Sete Mistérios Divinos

Na Nova Palavra os Santos Espíritos de Deus nos mostram a importância de ativarmos em nossas vidas os Sete Mistérios Divinos: a Alegria, a Generosidade, o Amor, a Determinação, a Fé, os Bons Sentimentos e a Caridade.

Ao separar o Mistério do Amor do Mistério da Caridade, os Santos Espíritos deixam claro o quanto é importante ser amoroso no ato da ação caridosa. Ao colocá-la como o sétimo mistério demonstra a importância do que afirma o Apóstolo Paulo, que a caridade dever ser feita, com alegria, generosidade, amor, determinação, fé e bons sentimentos.

A Comunidade participativa ama o próximo   

Quem conhece o texto bíblico sabe que o apóstolo queria acender nos corações o verdadeiro sentimento de amor ao próximo. Buscava despertar a comunidade religiosa que nascia para uma necessidade de multiplicar a colheita em uma terra endurecida pela desilusão, pelas intempéries e sofrimentos impostos por tempos difíceis. Buscava acender a chama do amor nos corações humanos.

Nos dias de hoje é enorme a dificuldade de acender a chama da caridade nos corações daqueles que assistem, ou percebem que os frutos da colheita não são utilizados para auxiliar os necessitados, tirar as crianças e os jovens das ruas, do mundo da ilusão e sim, para compra de aviões, helicópteros, ou para pagar horários nobres nos principais canais de televisão e emissoras de rádios, com valores que alimentariam muitas famílias, tirando-as da situação de vulnerabilidade social que vivem.

Porém, é importante que separemos como ensinou Jesus, o joio do trigo, e acendamos em nossos corações o sentimento que alimentará a chama da fé e da esperança, que é a Caridade, salvando assim, muitas vidas. E, finalmente entendendo que: Fora da Caridade não há Salvação.

 

O que você achou dessa matéria?

Deixe seu comentário abaixo e, se você gostou, por favor compartilhe com seus amigos.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmailFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail
  • Eraldo Costa

    Boa tarde gente amiga. Muitos interpretam a caridade e doação associando tal ação unica e direcionada a materialização de sua ação. Como muito ouvimos e vivenciamos com espiritualidade desta Casa Santificada, seja caridoso com propósitos que antecedam receber ou não de imediato o que pedimos e o que achamos necessário para nossos propósitos.
    Amor supremo, caridade divina e confraternizar todas as maravilhas que estão à nossa disposição é o que me motiva em no mínimo agradecer tudo o que tenho conquistado e superado. À Nova Palavra agradeço a oportunidade desta leitura em seus parágrafos escritos com coração também caridoso e divino. Estou em busca de minha salvação.