29 de setembro, dia dos Arcanjos

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmailFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail

Em particular dos Arcanjos Miguel, Rafael e Gabriel

Esses três arcanjos são os principais representantes da alta hierarquia dos anjos que comandam a legião celestial, o seleto grupo dos sete espíritos puros que atendem ao trono de Deus e são “mensageiros dos decretos divinos” no Planeta Terra. São os únicos, de forma clara, que são mencionados na Bíblia.

No calendário litúrgico do FOGO DIVINO celebramos neste dia (29) não só rituais para os três arcanjos, mas, para todos que fazem parte das “sete chaves”, do Círculo do Fogo Divino. Os “sete Espíritos puros de Deus” são: Gabriel, Rafael, Haniel, Miguel, Metatrom, Cassiel e Samuel.

Miguel, que significa “ninguém é como Deus”, sendo considerado o príncipe guardião e guerreiro defensor do trono celeste. Chefe supremo do exército celestial e dos anjos fiéis a Deus, Miguel é o arcanjo da justiça, do arrependimento e da determinação. Protege e defende todo aquele que luta no combate contra as forças maléficas. É citado três vezes na Bíblia. No O FOGO DIVINO, o Arcanjo Miguel é o detentor e protetor da quarta chave.

Gabriel significa “homem de Deus”. É o arcanjo anunciador, o que traz até a humanidade as revelações de Deus. Foi o anunciador da chegada de Jesus, a Boa Nova e esteve ao lado de Jesus na agonia entre as oliveiras, no momento de sua crucificação e, principalmente, no momento em que Jesus é levado para os Páramos celestiais. É considerado aquele que transmite a Voz de Deus, o portador das notícias. É venerado no islamismo como aquele que auxiliou a Maomé escrever as belíssimas páginas do Alcorão. No O FOGO DIVINO o Arcanjo Gabriel é o detentor e protetor da primeira chave.

Rafael significa “Deus te cura” e foi o Arcanjo que recebeu a incumbência de acompanhar o jovem Tobias, personagem central do livro Tobias, no Antigo Testamento, em sua viagem, como seu segurança e guia. Foi o único que habitou entre nós. Guardião da saúde e da cura física e espiritual, é considerado, também, o chefe da ordem das virtudes. No O FOGO DIVINO, o Arcanjo Rafael é o detentor e protetor da segunda chave.

O dia dos Arcanjos é um momento para refletirmos sobre o que temos feito de nossas vidas. Refletir sobre como temos e o que temos falado aos que caminham ao nosso lado. As nossas atitudes na direção do que pretendemos conquistar.

Um dia para orar e buscar no “eu interior” a expansão da fé, do acreditar que “é possivel”, do “eu posso”, do “eu consigo”.

Um dia para dizer: “Se Deus é comigo, sou um vencedor!”.

 

O que você achou dessa matéria?

Deixe seu comentário abaixo e, se você gostou, por favor compartilhe com seus amigos.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmailFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail